Vacinas protegem contra o HPV

 Laboratórios produzem vacinas contra tipos específicos do vírus

Por Camila Freitas e Morgana Laux

Clínicas particulares de vacinação comercializam vacina contra HPV

Clínicas particulares de vacinação comercializam vacina contra HPV

Com alta transmissão na sociedade moderna, o HPV tem atingido adolescentes e mulheres de todas as classes sociais. Há três anos, laboratórios farmacêuticos do exterior produziram a vacina para impedir a transmissão. O intuito é a proteção de meninas a partir dos nove anos de idade, que não tenham iniciado a vida sexual.Mesmo com a propagação da DSTs no Brasil as vacinas, ainda, não são distribuídas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Atualmente, são comercializados dois tipos de vacina no país: a Gardasil, do laboratório Merck Sharp and Dohme, conhecida como quadrivalente, que protege contra os tipos de HPV 6, 11, 16 e 18. “A faixa etária é de nove a vinte e seis anos, por enquanto, mulheres e de preferência não iniciadas sexualmente, pois já foi comprovado que a eficácia do produto é maior em meninas ou mulheres virgens”, alerta Angiara Gitz, farmacêutica bioquímica.

A escolha da vacina, que objetiva a proteção, é referente ao ginecologista do paciente. A relevância dá-se no procedimento, pois é fundamental que o paciente finalize o tratamento com a mesma vacina que o iniciou. Chefe do Centro de Pesquisa Clínica “Projeto HPV” e professor de Ginecologia e Obstetrícia da UFSC, Edison Natal Fedrizzi, esclarece as dúvidas sobre quem pode receber as doses. “Quem tem o vírus deve tomar a vacina. Pessoas que apresentam uma pré-disposição genética ou imunológica para ter as manifestações (lesões) associadas ao hpv, irão se proteger tanto contra um novo contato com o mesmo hpv, quanto aos hpvs diferentes, que estão contidos na vacina.”

A respeito das reações adversas ao produto, o professor comenta: “As reações são as mesmas para qualquer vacina e independe do sexo. Os principais efeitos são: desconforto ou dor local, inchaço, além de febre baixa.”

Ambas as vacinas são comercializadas em clínicas particulares, o que sugere uma oscilação no valor do investimento.

Clínicas conservam vacina em geladeiras na temperatura de 5º a 8º C

Clínicas conservam vacina em geladeiras na temperatura de 5º a 8º C

 A Gardasil, composta de três doses, custa aproximadamente R$ 500,00 cada dose. A Cervarix, também apresenta três doses e tem variação de R$ 300,00 a R$ 500,00 cada. O sistema único de saúde não distribui as vacinas para a população, ficando por conta do indivíduo os gastos para com a prevenção do vírus HPV.

 

 

 

 Escute agora o áudio contendo depoimentos de mulheres com suas respectivas opiniões sobre a vacina e o HPV, através do link:

 http://www.goear.com/listen/21fd27f/HPV-depoimentos

 

Serviço

Confira a localização de clínicas de vacinação em Porto Alegre:

Imune Clínica de Vacinação Ltda
Av. João Wallig, 1800 – Porto Alegre – RS, 91340001, Brazil
Telefone: (51) 3328-5322 ‎
RRMG Clínica de Vacinas Ltda
R. José de Alencar, 237 – Menino Deus, Porto Alegre – RS, 90880480, Brazil
Telefone: (51) 3232-1651
 ‎

5 Responses to “Vacinas protegem contra o HPV”


  1. 1 vinicius cabral 24/03/2010 às 13:36

    quero saber se tem a mesma eficacia em mulheres que ja iniciaram a vida sexual??

    • 2 blogsobrehpv 24/03/2010 às 21:36

      É recomendado que a menina faça a vacina mesmo sem ter começado uma vida sexual. As que já têm uma vida sexual ativa é importante que façam a vacina, pois ela previne, mesmo que você já tenha contraído o vírus.
      A eficácia é a mesma, o que ocorre é a prevenção antecipada em relação ao vírus, no caso de fazer a vacina antes da vida sexual ativa.
      De qualquer maneira, é muito importante a realização da prevenção, mas só faça depois de uma consulta e prescrição médica.

  2. 3 Marcos 31/03/2010 às 17:15

    queria saber se qualquer pessoa pode comprar esta vacina?

    • 4 blogsobrehpv 27/07/2010 às 12:39

      Qualquer pessoa que tenha ido ao médico e que tenha recebido a solicitação da vacina.
      É importante ressaltar que você não precisa ser sexualmente ativo para tomar a vacina.
      Vá ao médico, conversa com ele a respeito da vacina.
      Vale lembrar que ela não está disponível pelo SUS.
      Abraços,
      BlogSobreHPV


  1. 1 Vacina do HPV já está disponível para homens nos Estados Unidos « HPV – Informações sobre prevenção, tratamento e serviços Trackback em 24/11/2009 às 0:10

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: